O Papa Francisco colocou neste sábado o espanhol Miguel Ángel Ayuso Guixot, 66, à frente do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-Religioso, substituindo o francês Jean-Louis Tauran.

Ayuso Guixot foi o braço direito de Tauran por seis anos, e ocupava o cargo interinamente desde a morte do francês, em julho passado.

Nascido em Sevilha em 1952, foi ordenado sacerdote em 1980 e bispo em 2016. Passou mais de 20 anos em missão no Sudão e Egito. Formou-se em árabe e estudos islâmicos no Instituto Pontifício de Estudos Árabes e Islâmicos de Roma, do qual foi professor e diretor.

Em fevereiro, acompanhou o Papa em sua visita a Abu Dhabi e participou da elaboração do "documento sobre a fraternidade humana", assinado pelo Papa Francisco e pelo grande imã sunita do instituto egípcio Al-Azhar, xeque Ahmed Al-Tayeb.

Além de castelhano, Ayuso Guixot fala árabe, francês e italiano, e também assinou este ano a mensagem do Vaticano por ocasião do ramadã.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história