A Venezuela espera que os Estados Unidos aceitem a Turquia como um "país protetor" de seus interesses, em um momento em que ambos os países estão com as relações diplomáticas rompidas, manifestou o ministro venezuelano das Relações Exteriores, Jorge Arreaza, nesta sexta-feira (17).

"Estamos esperando que os Estados Unidos aceitem a Turquia como um país protetor para a Venezuela", disse o ministro das Relações Exteriores.

A ideia, explicou Arreaza, é que na sede diplomática da Venezuela em Washington trabalhe uma equipe reduzida "sob a supervisão da Turquia", um país aliado de Maduro e que mantém relações tensas com o governo de Donald Trump.

A Venezuela rompeu as relações diplomáticas com os Estados Unidos depois que o país apoiou a proclamação de Guaidó como presidente encarregado em 23 de janeiro.

Depois que Washington retirou seu pessoal diplomático do país em março, a Suíça representa os interesses americanos na Venezuela.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história