Estar à frente das tendências na área tecnológica e captar as novas demandas e particularidades no cenário de negócios inovadores no país. É com essa proposta que o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) vem investindo, junto a empresas e entidades parceiras, em iniciativas que quebram barreiras e vislumbram novas possibilidades. É o caso da Nanovetores, um dos mais bem-sucedidos cases catarinenses no segmento de nanotecnologia - voltado à pesquisa e ao desenvolvimento de estruturas invisíveis a olho nu - que recebe finaciamento por meio do programa BRDE Inova.

- O BRDE surgiu como um parceiro de negócios num momento em que a ação da Nanovetores precisava de um impulso para desenvolver novos negócios e oportunidades, permitindo uma captação de recursos viável e direcionada a um novo desenvolvimento que está em fase de aplicação - explica Ricardo Henrique Ramos, CEO da Nanovetores.

Especializada em cosméticos e produtos têxteis, a Nanovetores já era uma das empresas mais promissoras antes da parceria com o BRDE. Marca incubada mais inovadora em 2014, repetindo a mesma classificação dois anos depois, desta vez como empresa graduada, pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), havia captado recursos outras vezes nas esferas estadual e federal.

O suporte do programa BRDE Inova surgiu como uma etapa maior de aceleração de seus processos no setor. Estimulada a crescer e com ótimo potencial, a Nanovetores aplica, graças a esse aporte específico, no desenvolvimento de uma nova plataforma de ativos alimentares, proporcionando maior eficácia e um efeito de maior duração dos seus produtos (ativos) na nutrição, com material natural e biodegradável. Para a empresa, esse gesto catalizador significa também uma redução de custos e um incremento de inovações possíveis.

Apesar da crise econômica no mercado nacional, Ricardo Ramos mantém uma visão otimista. Com foco em sustentabilidade e presente em 22 países, a Nanovetores existe há 10 anos e desde abril do ano passado instalou sua sede no Sapiens Parque, em Florianópolis.

Clique aqui e conheça o BRDE

- Atualmente a indústria de tecnologia em nosso Estado é a alternativa viável para a saída do cenário de crise que se avança e persiste, pois, com tecnologia e inovação, é possível manter mercado e crescer mesmo em tempos de crise. Santa Catarina sempre foi um bom exemplo de inovação e tecnologia a ser seguido pelo Brasil - diz Ricardo.

O CEO acrescenta que a parceria com o BRDE vem coroar as expectativas de uma aproximação ainda maior com os clientes, criando novos desejos, anseios ou simplesmente atendendo às novas necessidades. Inovação que gera mais emprego e riqueza.