DC encontrou Arlete Hilu e Carlos Cesário Pereira (Agencia RBS/Carlos Pereira)

Diário Catarinense localiza dois dos envolvidos na venda de bebês para Israel

Arlete Hilu e Carlos Cesário Pereira continuam morando em SC

Cerca de 3 mil crianças eram vendidas a cada ano na década de 1980 (Agencia RBS/Julio Cavalheiro)

Israel é o país para onde foi levada a maioria dos bebês brasileiros vendidos nos anos 1980

Algumas das crianças chegavam a custar 40 mil dólares, segundo a Polícia Federal

Morador de Itapema, Eliomar Borba reconheceu Yael nas páginas do DC (Agencia RBS/Guto Kuerten)
Doron se veste de mulher às vezes para tentar imaginar como é a mãe biológica (Agencia RBS/Julio Cavalheiro)

Mãe brasileira rejeita o filho vendido para família do Exterior pela segunda vez

DC encontrou mãe de bebê traficado, mas ela disse não se sentir preparada para revê-lo

Cenas da infância da catarinense adotada por família de Israel (Agencia RBS/Julio Cavalheiro)

Família israelense adota duas crianças brasileiras e vive drama da angústia

Uma das meninas foi adotada em Santa Catarina. A outra, no Rio de Janeiro

Alair vive em Bombinhas. Ela diz que não sabia que a filha seria vendida para uma família de Israel (Agencia RBS/Guto Kuerten)

Brasileira vendida na infância rejeita a mãe ao encontrá-la em Santa Catarina

Miri Levran vive agora em Israel. Dedicou anos à busca da mãe biológica, a quem desistiu de conhecer

Glória concedeu a entrevista exclusiva ao DC no Projac (Agencia RBS/Jessé Giotti)