A Cidade Criativa Pedra Branca tem como missão melhorar a cidade para as pessoas, partindo dessa premissa, a educação assume protagonismo e serve como representação perfeita daquilo que o lugar é e que pretende ser no futuro.

Nascida sob o nome de Cidade Universitária, o bairro Pedra Branca, localizado no município de Palhoça, sempre deu especial destaque à formação do cidadão. Não só os moradores da cidade, mas também dos bairros próximos. A partir de parcerias com as instituições Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), Colégio Visão, Instituto Federal Santa Catarina (IFSC), Laboratório de Inovação e Empreendedorismo da Unisul (iLAB) e, mais recentemente, o Colégio Bom Jesus, a Pedra Branca confirma sua vocação para o desenvolvimento educacional e também mostra a evolução de um sonho que começou em 1998, ano de início das aulas na Unisul.

Mauri Luiz Heerdt, reitor da Unisul, lembra com entusiasmo dos desafios do início do projeto e diz que os ótimos resultados obtidos hoje começaram a ser preparados há 19 anos.

O reitor relata os desafios que enfrentava na época em que era professor, em 1998:
- Era um verdadeiro rali para chegar e sair da universidade, mas, com muito trabalho e esforço de todos, conseguimos transformar o bairro em uma referência.

O reitor da Unisul também destaca a importância de contar com um parceiro como a Pedra Branca e cita o desenvolvimento da própria universidade como exemplo de crescimento mútuo nessas quase duas décadas de atividades e parceria.

- Posso afirmar que a Unisul e a Pedra Branca nasceram juntas. Como conceito, o bairro se apresenta como um projeto inovador. A Unisul se enquadra perfeitamente bem dentro do ecossistema da Pedra Branca. O objetivo é promover bem-estar e inovação e entendemos que não dá para ser inovador sem se relacionar com o entorno, com o seu local. Esse é um conceito individual, e, quanto mais a Unisul consegue se inserir, mais servimos como agentes importantes nesse processo - explica o reitor.

Com o ensino acadêmico já consolidado, a estratégia foi partir para o atendimento das demais faixas de ensino. Vieram novas oportunidades a partir da chegada do Colégio Visão, que trouxe Educação Infantil, Fundamental e Ensino Médio; do IFSC, com a primeira unidade da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica na modalidade bilíngue (libras/português); e do iLAB, da Unisul, um ambiente que funciona como desenvolvedor de negócios em inovação e tecnologia.

O mais novo parceiro da Cidade Criativa é o Grupo Educacional Bom Jesus, que oferecerá Educação Infantil e Fundamental a partir de 2018. O modelo de negócio inovador - a Pedra Branca entrou com a construção do prédio e o Bom Jesus assumiu a gestão -, reforça a crença no papel fundamental da educação.

- A Pedra Branca nos procurou para essa parceria. Eles estavam em busca de uma instituição de ensino que tivesse uma ligação com o projeto. Um dos objetivos é promover qualidade de vida, e esse é o nosso projeto também, com ações educacionais. O conceito que eles têm se aplica ao que nós entendemos e está de acordo com a área em que atuamos - explica Jorge Siarcos, diretor-presidente do Grupo Educacional Bom Jesus.

Atualmente, a Cidade Pedra Branca proporciona educação da pré-escola ao ensino superior, com um ecossistema inovador, e com total mobilidade e infraestrutura, registrando assim a educação em seu DNA.

Pedra Branca: núcleo de excelência educacional

Educação Infantil ao Fundamental 2
Colégio Bom Jesus

Educação Infantil ao Ensino Médio
Colégio Visão

Ensino Superior
Unisul

Ensino Técnico
IFSC

Inovação
iLAB

Palestras e cursos
Impact Hub Continente