Para muitas pessoas, o acesso à internet é cada vez mais indispensável. Seja como ponto de contato, seja como fonte de informação ou de entretenimento, a ferramenta conecta pessoas a recursos que deixam a vida mais fácil. Não é a toa que a ONU, em 2011, declarou que o acesso livre à internet deve ser um direito, reforçando a importância dela no desenvolvimento social, no combate da desigualdade e na formação de pessoas integradas à sociedade e comprometidas com o desenvolvimento.

Fornecer o acesso gratuito a este recurso significa promover a inclusão ao mundo digital. E essa ação ganha ainda mais importância quando toma conta de espaços públicos e de fácil acesso. Instituições engajadas com o desenvolvimento social entendem que conectar as pessoas por meio da internet é uma forma de promover a cidadania. Um exemplo de ação neste sentido é a iniciativa do SEBCOC.

Buscando integrar um mundo novo, disruptivo e compartilhado, o SEBCOC, junto com a empresa Sinergy, teve a iniciativa de disponibilizar acesso gratuito à internet wif-fi na Beira-mar Norte de Florianópolis. O sinal está disponível em três pontos da via: na altura do bar Koxixos, no bolsão da Casan e no trapiche, que são os mais frequentados por moradores e turistas.

Para se conectar, basta acessar fazer login na rede por meio do Facebook ou com email. Na altura do Koxixos e no bolsão da Casan, até 60 pessoas conseguem se conectar ao mesmo tempo. Já no trapiche o acesso é para até 500 pessoas simultaneamente. A parceria inédita é um presente do SEBCOC para Floripa e ficará disponível durante toda a temporada de verão até o mês de março.

Conectar também é educar.