Todos os dias chegam notícias sobre o aumento da expectativa de vida decorrente dos avanços científicos e dos cuidados com o corpo e o estilo de vida. Você já parou para pensar nos impactos que isso terá na sua vida após os 60, 70 anos?

Viver mais é ótimo, mas requer planejamento em todas as áreas. Uma delas é a financeira. A conta é simples: para viver mais e manter a qualidade, são necessários recursos. É curioso como poucos se preocupam com isso. Temos a noção de que vamos envelhecer, mas deixamos a responsabilidade para o governo.

Poupar para a fase pós-laborativa é fundamental. Hoje, os gastos com Previdência Social representam 11% do PIB brasileiro e a perspectiva é de que tripliquem em duas décadas. Se o sistema não passar por reformas, as novas gerações vão pagar a conta. Enquanto isso, a previdência privada é uma alternativa segura.

A previdência privada complementa a pública. Você contrata o plano e faz contribuições mensais ou aportes esporádicos, que são aplicados pela entidade administradora para rentabilizar no longo prazo. Você define a idade em que deseja iniciar a aposentadoria, o perfil de investimento e os beneficiários. Pode ainda optar por resgatar integralmente o saldo ou transformá-lo em renda mensal, calculada com base no que você acumulou ao longo dos anos.

Existem vários planos no mercado. Antes de escolher um, é importante conhecer detalhes como taxa de administração, rentabilidade, o modo como você pretende desfrutar da aposentadoria e ainda se permite dedução do Imposto de Renda. Por ser um investimento de longo prazo, opte por planos com as menores taxas (administração, entrada, saída etc.). Sua instituição financeira de confiança pode ajudar você a fazer a escolha certa – e lembre-se que as cooperativas de crédito possuem planos atraentes e competitivos.

Outro benefício da previdência privada é que os recursos não entram em inventário e são direcionados aos beneficiários definidos pelo participante.

O seu futuro depende de um bom planejamento. É importante investir nos sonhos do amanhã, e o momento de começar é agora.

*Agnaldo Ábila é administrador e mora em Blumenau

Concorda com o autor? Quer publicar um artigo sobre o tema ou assunto correlato? Participe do Vozes!

 Veja também
 
 Comente essa história